Projeto do deputado Paparico Bacchi estimula internet no interior

98
- Oferecimento -
- Fala São João -

Proposta aprovada em plenário beneficia cooperativas de infraestrutura

A Assembleia Legislativa aprovou o quinto projeto de lei de autoria do deputado Paparico Bacchi. A proposta do líder da bancada do PL altera a Política Estadual de Apoio ao Cooperativismo e busca promover a ampliação e disponibilização dos serviços de energia elétrica e comunicação no interior Rio Grande do Sul. Aprovado com 48 votos favoráveis na última sessão ordinária do ano o PL nº 430 2019 acrescenta um artigo na legislação que vigora desde 2003.

De acordo com o deputado Paparico Bacchi, mais de 80 mil famílias gaúchas ainda não dispõem de internet no meio rural. O parlamentar acredita que a deficiência na infraestrutura básica impacta diretamente no êxodo rural, impede a regularização de atividades importantes no setor primário, dificulta o acesso à informação e retarda o desenvolvimento dos pequenos municípios.

As cooperativas foram pioneiras em levar a energia para o meio rural. A mesma estrutura pode ser utilizada para levar a internet por meio da fibra ótica em propriedades onde a principal fonte de renda está nas atividades agrícolas. Para que isso ocorra é preciso ampliar as fontes de financiamentos e reduzir os juros cobrados nos financiamentos dos projetos que podem favorecer diretamente as propriedades da agricultura familiar”, explica o autor da proposta.

Objetivos ampliados

A inserção das cooperativas de infraestrutura na nova “Lei do Cooperativismo” amplia os objetivos gerais a legislação vigente. O texto original prevê o apoio técnico e operacional; estímulo à organização cooperativa; inclusão do cooperativismo como disciplina teórica em escolas; promoção de pesquisas; criação de cadastro geral de cooperativas e capacitação de pretendentes e associados das cooperativas.

“O Rio Grande do Sul tem pressa e este projeto oferece uma nova alternativa de desenvolvimento. Vivemos em uma era marcada pela evolução tecnológica e eu acredito que a comunicação tem a mesma importância que a energia elétrica teve no passado recente. Acredito que a nova lei – já reconhecida pelo parlamento gaúcho – oferece amparo legal para que novas fontes de financiamento sejam criadas, permitindo que as cooperativas de infraestrutura sejam agentes deste processo de universalização da internet no meio rural”, finaliza o deputado autor do projeto que aguarda sanção do governador do Estado.

- Oferecimento -