Empresa D7 dispensa 67 funcionários e encerra suas atividades em São João

0
2070

Ex-funcionários se reuniram no sindicato dos metalúrgicos de São João da Boa Vista para discutir a atual situação, segundo Zé Roberto, presidente do sindicato, ontem segunda-feira (28) a empresa metalúrgica D7 encerrou suas atividades na cidade sem comunicar sindicato, prefeitura e também a câmara dos vereadores. Como a empresa era isenta de aluguel para fomentar o emprego em São João poderia ter formalizado a decisão, segundo o presidente do sindicato a prefeitura poderá embargar os equipamentos da empresa.

Zé Roberto disse aos ex-funcionários que o advogado da empresa o procurou a 10 dias atrás para realizar um acordo de parcelamento, para funcionários que já haviam sido dispensados antes da crise, pois a empresa estaria sem dinheiro.

Ele acrescenta que segundo a medida provisória 936 a empresa poderia sugerir a redução no salário e também na jornada de trabalho (em medida contra o coronavírus) em comum acordo com os funcionários, entretanto a empresa teria encerrado as atividades sem cumprir os protocolos formais.

A luta do sindicato é para liberar o fundo de garantia e o seguro desemprego destes 67 funcionários dispensados ontem e depois entrar com uma ação reivindicando os direitos trabalhistas de todo o pessoal.