Circuito Touro Angus Registrado chega à região Nordeste de São Paulo

82
- Publicidade -
- Oferecimento -

No próximo dia 25 de outubro, a cidade de Jaguariúna, situada na região Nordeste do estado de São Paulo, receberá o Circuito Touro Angus Registrado. Promovida pela Associação Brasileira de Angus, a série de palestras é gratuita e visa fornecer informações sobre o uso de touro Angus registrado para o melhoramento genético dos rebanhos. O encontro ocorre a partir das 19h, na Red Eventos, localizada na Av. Antártica, 1530 – Santa Úrsula.

Durante o encontro, o gerente de Fomento da Angus, Mateus Pivato, irá destacar as vantagens do uso de reprodutores e as melhores perspectivas de cruzamento em diferentes ecossistemas. “O Angus se adapta muito bem aos diferentes climas do país, mas, para isso, é necessário fazer o manejo correto dos animais”, recomenda Pivato, ressaltando a importância da seleção eficiente de reprodutores para geração de crias que atendam aos objetivos de cada propriedade.

Na mesma linha, a superintendente de Registro Genealógico da Associação Nacional de Criadores Herd Book Collares (ANC), Silvia Freitas, destacará os benefícios de usar touros registrados no rebanho e dará dicas para que os criadores saibam escolher os melhores reprodutores para o desenvolvimento da genética. Silvia também falará sobre o Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo), programa oficial da raça Aberdeen Angus. “Irei mostrar aos criadores como interpretar os dados da avaliação genética dos animais”, conta.

Sobre a seleção para a produção de carnes de qualidade falará o coordenador regional do Programa Carne Angus Certificada, Maychel Carvalho Borges. Segundo Borges, levar o ciclo de palestras para o Sudeste do país é um grande avanço, visto que na região há muito cruzamento industrial. “O evento vem para enfatizar o uso correto da genética, visando o objetivo de cada propriedade”.

Para o presidente do Núcleo de Criadores de Angus de São Paulo, Renato Ramires Junior, o evento é uma oportunidade para salientar aos criadores que é imprescindível trabalhar com animais com registro. “Só assim é possível ter a segurança do que está sendo comprado”, avalia o presidente.

Raça Angus
A raça Angus está no Brasil desde 1906 e é a preferida dos criadores para cruzamento com zebuínos no Sudeste e no Centro-Oeste do país por conferir precocidade aos animais e maciez à carne. Por isso, lidera o ranking de comercialização de sêmen no Brasil com 4.944.288 doses vendidas em 2018, segundo a Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia). O volume representa um crescimento de 28,3% em relação a 2017. Desde 2003, a Angus também atua através do Programa Carne Angus Certificada, considerado o maior programa de carne premium do país.

- Oferecimento -