Aulas do PROERD tem inicio em Aguaí, cerca de 100 alunos serão contemplados com o programa

171
- Publicidade -
- Oferecimento -

100 alunos dos 5ºs anos participarão das aulas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência

Os alunos dos 5ºs anos da Escola Zulmira Moraes Legaspe Mamede iniciaram hoje, 09, as aulas do Proerd, com os policiais militares Cb Renata e Cb Furtado.

Cerca de 100 alunos de Aguaí serão contemplados com o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) da Polícia Militar do Estado de São Paulo e participarão de 10 encontros, além da formatura que será realizada no mês de novembro.
Na última semana os instrutores realizaram ainda reunião com os pais, a fim de apresentar o Programa.

A inclusão de Aguaí no programa foi possível pela gestão do prefeito Alexandre Araújo com a Polícia Militar, por meio do 24º Batalhão de Polícia Militar do Interior, com sede em São João da Boa Vista e responsável pelo comando da região.

A expectativa é que nos próximos semestres mais alunos sejam atendidos.

Sobre O PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) é um programa de educação preventiva ao uso de drogas, que tem por objetivo evitar que crianças e adolescentes iniciem o seu uso. Ele ensina técnicas centradas na resistência à pressão dos companheiros auxiliando as crianças a dizerem não às drogas.

É preventivo, estratégico, e tem como objetivo principal educar as crianças em seu meio natural, a escola, com o auxílio de policiais fardados e professores.

Dá ênfase especial em alcançar as crianças no 5º ano do Ensino Fundamental, mostrando-lhes os efeitos das drogas e ensinando as habilidades necessárias e motivação para manterem-se longe desse mal.

Os instrutores Proerd, são policiais militares, auxiliados pelo livro do estudante Proerd e contam com a ativa participação dos professores, os quais atuam como divulgadores das ideias do programa para as demais salas de aula e, também, a participação dos pais, levando o programa para a família, como em um todo.

As lições objetivam o desenvolvimento da autoestima, controle das tensões, civilidade, além de ensinar técnicas de autocontrole e resistência às pressões dos companheiros e às formas de oferecimento das drogas por pessoas estranhas ao convívio das crianças e adolescentes.

- Oferecimento -