Aluna da Escola de Música da Prefeitura é aprovada para estudar violino na Unicamp

0
261

De viagem para Campinas, jovem irá se dedicar à música na universidade pelo período de 4 anos.

A violinista Agles Vieira de Oliveira, 18, estudante da Escola de Música da Prefeitura de São João da Boa Vista foi aprovada no vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

De malas prontas para uma nova trajetória em Campinas, a jovem começa a realizar o sonho de estudar música em uma conceituada instituição pública de ensino superior, a partir de março.

“Eu quero ser violinista profissional. E ingressar nessa grande universidade é o que eu esperava”, diz Agles.

Aproveitar ao máximo dos estudos no violino, no período de 4 anos, e se tornar solista de uma grande orquestra é a meta da estudante, que nasceu em São Paulo, mas reside em São João desde 2013, no Jardim Teresa Cristina, parte alta da cidade.

“Eu assisti a alguns vídeos [com exibições de violino] e comecei a me interessar. Aí, eu perguntei para o meu professor de artes, e ele conhecia o Projeto Primeiro Movimento [iniciativa patrocinada pela Prefeitura, que oferece aulas gratuitas de violino, viola, violoncelo e contrabaixo acústico]. Comecei lá, por volta de 2014”, explica a violinista sobre o início nas atividades musicais.

O projeto da administração municipal, que abriu as portas para o aprendizado de Agles, é coordenado pelos irmãos Cesar Cunha e Douglas Cunha, e reúne atualmente 50 músicos.

Desde que iniciado em 2011, segundo o professor Douglas, vários alunos conseguiram acesso em universidades conceituadas de São Paulo e Ribeirão Preto. Como ele enfatiza, agora chegou a vez da Agles.

“Ela me procurou dizendo que queria ser violinista. Achei bacana porque hoje em dia são poucas as pessoas que procuram esse caminho. Por ser uma aluna que se destacava, eu acreditei, apoiei e passei algumas coisas [conteúdo de aula], que nós trabalhamos durante dois anos e que iriam cair no vestibular. Ela agarrou a ideia e estudou de seis a oito horas por dia. Mérito dela”, avalia o professor.

Embora tenha sido aprovada na Unicamp, Agles revela que já havia tentado passar em outras duas respeitadas universidades: Unesp e Usp. Durante esse tempo correndo em busca da confirmação, ao todo, foram realizadas 17 provas.

Entre idas e vindas, enfim, Agles conseguiu alcançar a aprovação. A mãe, Glaene Vieira, depois de tanto incentivar, agora abraça a filha e comemora o resultado.

“Fiquei muito feliz. Só por Deus mesmo. Música é muito bom e abre caminhos. Para nós que somos de família humilde é muito importante a realização de um sonho”, afirma emocionada.

O diretor do Departamento de Cultura, Hélio Corrêa Fonseca Filho, destaca que a Escola Municipal de Iniciação Musical Geraldo Filme conta, atualmente, com 600 alunos matriculados em diversos cursos gratuitos.

“A escola é o início do aprendizado, mas pode ser o início de uma carreira profissional. Nós temos o exemplo dessa aluna que estudou com a gente e hoje foi aprovada no vestibular de uma universidade estadual. Isso mostra que a escola tem uma sistemática e uma didática que traz bons resultados”, conclui.

Para aprender algum instrumento musical de forma gratuita em São João, os interessados devem se inscrever na Escola de Música e aguardar pelo surgimento de vaga, dependendo do curso solicitado.

A Escola de Música da Prefeitura fica localizada na Estação das Artes João Roberto (Beto) Simões.  O endereço é Praça Rui Barbosa, 41, bairro Rosário.